Canoa de um só tronco de árvore

Nativos fabricando canoa de um só tronco
Canoa feita de um tronco de arvore conhecida como ubá, era comum entre índios amazônicos.
Esta era confeccionada cavando o tronco recém-cortado com suas ferramentas originalmente
de pedra. Em troncos secos muitas vezes se usava o fogo para cavá-lo. Os jurunas eram
especialistas na fabricação deste tipo de canoa.Os índios da bacia do rio Uaupés da Amazônia,
por estarem em área de cursos d’água caudalosos, não podiam usar canoas de casca de árvore
por serem frágeis e empregavam apenas as de tronco.
A fabricação da ubá, ou canoa de um só tronco variava ligeiramente de uma tribo para outra.
O antropólogo Eduardo Galvão descreveu sua fabricação:
As ubás, ou canoas de um só tronco, são fabricadas segundo técnica tradicional entre índios e
caboclos da Amazônia. Escolhe-se um tronco bem linheiro, de madeira resistente à água, como
itaúba. Depois de esgalhado e aparelhado o tronco é escavado a machado, enxó e fogo.
Esculpe-se a forma externa de proa e popa a enxó e machado.
Onde comprar melhores lanchas focker 272
Para controle da espessura do
casco, são abertos furos, mais tarde fechados com tornos de madeira.
O casco é então emborcado sobre um jirau baixo, sob o qual se acende um fogo espalhado e
de pouca chama. Com o uso de tesouras de pau, após a madeira aquecida, forçam-se os lados
para fora a fim de abrir a canoa. É uma operação lenta e requer cuidado para que o casco não
rache. Não se usam cavernas de reforço, e a introdução de bancos fixos parece ser inovação
recente. Todas estas operações obedecem, além de técnica propriamente dita, a de práticas
de fundo místico-religioso. Época apropriada para a derrubada da madeira, abstenção de
relações sexuais pelos fabricantes etc.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *